13 Jun. 2024
Escritor: QuintEssência
Revisor: Historiador Libertario
Narrador: Gordinho Caipira
Produtor: Paulo Wesley

FARIA LIMA pula fora do GOVERNO LULA depois de FAZER O L nas eleições: o BARCO AFUNDOU

Na época das eleições de 2022, muitas pessoas, para surpresa de alguns incautos, declararam o seu apoio explícito ao Lula - principalmente no segundo turno. Além dos clássicos isentões, sempre dispostos a enfiar o Brasil no buraco, também os lordes da Faria Lima, os barões do mercado financeiro, fizeram o L com vontade nas eleições. Aquilo foi um absurdo, sem dúvidas; porém, decorridos quase 18 meses do início do mandato do Molusco, parece que os faria limers resolveram pular fora desse barco, um a um.

Vamos dar nomes a alguns desses bois. Um personagem muito importante no mercado financeiro, e que fez o L com gosto, foi o senhor Pérsio Arida - que, quando das eleições, afirmou publicamente que Bolsonaro seria “um risco para o Brasil”. Pois é. Já Henrique Meirelles, candidato derrotado nas eleições presidenciais anteriores, declarou seu voto no Lula porque, segundo suas próprias palavras, o importante era “gerar emprego e renda para a população”.

Outro indivíduo montado na grana que fez papel de cabo eleitoral do Molusco foi João Amoêdo. O também derrotado ex-laranjinha disse que faria o L pelos mesmos motivos de Pérsio Arida, e que quem não considerasse Bolsonaro um risco era um ingênuo. Quem é o ingênuo agora, Sr. Amoêdo? Enfim, a lista é longa, e abrange até mesmo Fernando Henrique Cardoso com seu ministro da Fazenda, Pedro Malan. Aliás, vários nomes ligados ao Plano Real seguiram esse exemplo, e cantaram “lulalá” nas urnas.

Logo após a vitória do Lula, magicamente, parecia que tudo ia dar certo. Os mercados acordaram de bom humor, e a hoje pitoresca Daniela Lima chegou a conceber seu famigerado “Kit Lula”, emplacando junto daquelas 3 ações o bordão de que “discurso vira dinheiro”. Eu sei, essa frase envelheceu como leite, mas vamos nos ater, por ora, ao passado. Na sequência, Armínio Fraga, outro que apertou 13 na urna, realizou uma entrevista telepática com o Lula já eleito, na qual o Molusco se comprometia a controlar inflação e cuidar do lado fiscal.

Porém, toda essa euforia dos entes da Faria Lima ficou para trás, e muito rápido. O citado Henrique Meirelles, por exemplo, pulou fora do barco petista apenas um mês depois das eleições, afirmando que o Lula havia “dilmado”, e desejando sorte para todos que ficassem na economia brasileira. Engraçado como ele percebeu rápido demais a caca que havia feito, não é mesmo? Agora, decorridos quase 18 meses do atual desgoverno Lula, é difícil encontrar quem demonstre entusiasmo com os resultados obtidos.

O Kit Lula da Daniela Lima desabou por completo - perdendo quase 50% de seu valor de mercado desde as eleições. Já o também citado Armínio Fraga deu para trás, afirmando que o Lula corre o risco de se tornar um “fiasco político”. E quais seriam os argumentos do economista para fundamentar essa sua percepção? A coisa é muito simples de entender: o Molusco decidiu repetir os mesmos erros do passado.

Intervenções pesadas em empresas estatais, retomada de investimentos problemáticos e cercados de escândalos de corrupção, como a refinaria de Abreu e Lima e, é claro, o completo descompasso fiscal. Tudo isso voltou com força total, no governo Lula 3.0. Porém, acredite ou não, o maior temor do Armínio Fraga é a direita voltar ao poder. Esse povo não aprende a lição! Realmente, Bolsonaro alugou um prédio comercial da Faria Lima na cabeça dessa gente.

Obviamente, Armínio Fraga não foi o único - junto com o Meirelles - a pular do barco do Lula. Mais recentemente, foi a vez de Rubens Ometto, dono da Cosan, conhecido por ser um grande financiador do PT do Lula, pular do barco que ele ajudou a bancar. Sim, Ometto doou ao partido vermelho R$ 1 milhão de reais em 2022, e a mesma quantia em 2023. Aliás, ele chegou ao cúmulo de dar garrafas de vinho com um cartãozinho e uma dedicatória para o presidente cachaceiro.

Agora, Rubens Ometto também deu para trás. Em uma palestra em um recente evento do mercado financeiro, o empresário afirmou que o governo Lula quer taxar tudo e todos, “comendo pelas beiradas” e mudando as regras do jogo para faturar mais em cima do setor produtivo. Ou seja: o governo quer botar em todo mundo, sem cuspe e com areia da praia.

Os nomes se acumulam, sendo desnecessário citar todos nominalmente. O fato é que pesquisas de março demonstraram que, já naquela época, 2 de cada 3 faria limers desaprovavam a gestão do Lula. Agora, com os dados econômicos piorados, o número dos descontentes deve ter aumentado ainda mais. Porém, a pergunta que nos resta, agora, não é o motivo pelo qual o mercado financeiro não confia no atual governo - isso nós já sabemos bem. A real pergunta é: esse pessoal já não sabia que o Lula seria exatamente assim?

O Molusco não apenas agiu dessa mesma forma no passado - ele prometeu, em sua campanha eleitoral, que repetiria esses mesmos erros. Eu sabia que as coisas aconteceriam dessa forma, e você também: trata-se do mesmo descompasso econômico dos governos petistas anteriores. Não é nenhuma novidade, não é uma surpresa. Ok, pode-se dizer que, talvez, a velocidade com que o desastre está acontecendo seja maior do que qualquer um poderia prever. Mas, em essência, tudo está ocorrendo como previsto por muitos, e como planejado pelo PT.

Mas por que a Faria Lima em peso fez o L em 2022? Bem, talvez tenha sido por puro oportunismo - e vamos deixar claro que estamos, apenas, especulando. Acontece que muita gente do mercado financeiro ganhou uma grana graúda na época dos governos petistas passados. Pense apenas que os bancos lucraram como nunca durante a era PT; mas foi o governo Bolsonaro que criou o PIX - que já fez os bancos perderem vários bilhões de reais em tarifas.

Ou você acha que essa turma apoiou o Lula por pura ideologia? Gente como os faria limers, e também Simone Tebet e Marina Silva? Não, todo mundo queria levar alguma vantagem nessa história, ou então ganhar uma boquinha nos quase 40 ministérios do Lula. Só aquele seu primo tapado é que defende o Lula de graça - o resto o faz por puro interesse. Nessa história, alguns conseguiram se dar bem. Outros, nem tanto.

Essa é uma tendência que, inclusive, foi seguida por grandes empresários brasileiros - gente das grandes varejistas, os industriais, os campeões nacionais… Essa turma ganhou muito dinheiro no passado, durante a era petista. Para eles, dane-se se o povo foi prejudicado, ou se o Brasil perdeu a maior oportunidade de sua história. Cada um cuida do seu, não é mesmo?

Só que agora deu ruim para essa turma também. Todos já perceberam que o governo Lula vai ferrar com todos os setores econômicos - vai sobrar pra geral. Os chineses já estão trocando a soja brasileira pela americana. A MP dos créditos de PIS e COFINS, ainda que já tenha subido no telhado, iria causar um rombo no caixa de indústrias, das distribuidoras de combustíveis e dos exportadores. Além disso, o governo Lula também luta arduamente pelo fim da desoneração da folha de pagamento para 17 setores hoje beneficiados por esse incentivo.

Sabe o que tudo isso vai significar, no fim das contas? Mais impostos para todo mundo, estrangulando ainda mais uma economia já combalida. Ou seja: estamos testemunhando a repetição dos mesmos erros do passado, só que num ritmo ainda mais rápido. Tão rápido, que talvez essa turma toda que fez o L de forma inconsequente, em 2022, não tenha tempo suficiente para salvar seu patrimônio, como foi feito no passado. Também eles são testemunhas da tragédia econômica que se desenha no horizonte do Brasil. Em outras palavras: agora, a água já bateu na bunda da Faria Lima.

Por isso, é sempre importante lembrar que foi por conta desse tipo de gente que Lula venceu as eleições em 2022 - por causa dos isentões que fizeram o diabo para tirar o Bolsonaro do poder. Esqueça essa história de que a culpa é do Nordeste - os percentuais não mudaram significativamente entre 2018 e 2022. A diferença, aquilo que pesou a balança para um lado, se encontra em partes específicas do país - como na Faria Lima. Não é, João Amoêdo? Acontece que essa gente, no fim das contas, está com a vida ganha. Eu e você, provavelmente não.

Em meados do ano passado, Lula afirmou que o mercado financeiro “nunca gostou e nunca votou no PT”. É claro que isso não passa de mais uma mentira do Molusco! O mercado financeiro fez o L, e a Faria Lima não escondeu o seu apreço pelo pior governo da história. A troco de quê, só nos resta hipotetizar. Agora, com a cara mais lavada do mundo, os engomadinhos de sapatênis fingem surpresa ao ver a tragédia econômica para a qual eles próprios nos arrastaram. Mas vai me dizer que essa gente já não sabia que esse era o inevitável caminho do desgoverno PT, desde o começo?

Referências:

https://www.poder360.com.br/economia/ao-vivo-autoridades-e-empresarios-participam-do-forum-do-grupo-esfera-4/ https://oantagonista.com.br/economia/trapalhadas-do-governo-lula-no-radar-da-faria-lima/#google_vignette https://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2022/economistas-empresarios-que-apoiam-lula-bolsonaro-segundo-turno/ Armínio Fraga: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/arminio-fraga/2022/10/entrevista-com-lula-por-telepatia.shtml https://www.gazetadopovo.com.br/economia/lula-repete-velhos-erros-e-corre-risco-de-fiasco-politico-diz-arminio-fraga/ Henrique Meirelles: https://valor.globo.com/politica/eleicoes-2022/noticia/2022/10/27/para-meirelles-lula-tende-a-repetir-o-primeiro-mandato.ghtml https://oantagonista.com.br/economia/meirelles-deseja-sorte-a-investidores-e-diz-que-lula-dilmou/ Rubens Ometto: https://www.metropoles.com/colunas/igor-gadelha/empresario-que-criticou-governo-doou-r-2-mi-ao-pt-e-deu-mimo-a-lula Lucros dos bancos: https://oglobo.globo.com/economia/na-era-lula-bancos-tiveram-lucro-recorde-de-199-bilhoes-2818232

Visão Libertária

Visão Libertária é um jornal diário no YouTube, parte do canal ancap.su com conteúdo voltado ao libertarianismo. Trata-se de um jornal colaborativo em que muita gente participa da criação, edição, escolha dos temas e consegue receber algumas migalhas que o YouTube, de vez em quando, joga pra gente.

Nossas Redes Sociais

Visão Libertária. Desenvolvido por KoreacomK e a comunidade.