21 Jun. 2024
Escritor: TomFelix
Revisor: JJ Liber
Narrador: Gordinho Caipira
Produtor: Leafar do Leafarverso

PABLO MARÇAL quer ser o próximo PREFEITO de SÃO PAULO, mas QUEM é ele?

Pablo Marçal, como é conhecido, chama-se Pablo Henrique Costa Marçal, nasceu em 18 de abril de 1987 em Goiás. Fez bacharelado em direito e é casado com Carol Marçal com quem tem atualmente 4 filhos. Possui também um enorme patrimônio declarado na última eleição de 96 milhões de reais. Espera... Como assim na última eleição?! Pois é, muita gente não sabe, mas ele foi candidato a presidente e a deputado federal em 2022, só que a máquina pública deu um jeito de se livrar dele, vamos chegar lá... Primeiro vamos conhecer um pouco mais sobre essa figura pública.

Seu feito mais antigo foi em 2010, quando ele foi condenado na justiça por envolvimento com uma quadrilha que desviou dinheiro de bancos em 2005. Segundo a investigação, Marçal capturava e-mails de vítimas para um dos líderes, o pastor Danilo de Oliveira, e consertava computadores dos criminosos. Pablo admitiu ter colaborado com o grupo, mas afirmou não saber dos atos criminosos. Não sabemos se Pablo de fato sabia do que se tratava e não estamos aqui para julgá-lo, estamos apenas trazendo os fatos aqui no vídeo para vocês.

Como todos nós sabemos, a estabilidade jurídica no Brasil é complicada e condenações podem ser desfeitas em um passo de mágica, tanto que sua pena foi extinta em 2018 por "prescrição retroativa", uma vez que se passaram mais anos do que a sentença em trânsito em julgado. Apesar das controvérsias, a mídia não costuma veicular essa história com tanta frequência.

Seis anos depois, em 2016, ele aproveitou sua boa habilidade de fala e começou sua própria carreira como empresário, Coach e influenciador. Como acontece com a maioria dos influenciadores, ele passou alguns anos como desconhecido pelo público geral e presente somente em uma bolha da internet até por volta de janeiro de 2022 quando junto de outras 32 pessoas fez uma escalada no Pico dos Martins, na Serra da Mantiqueira.

A expedição foi feita durante um clima adverso e sem os equipamentos adequados para isso, o que fez com que mais tarde os bombeiros fossem chamados e tivessem que fazer uma missão de resgate ao grupo durante uma chuva forte na região, em uma operação que durou 9 horas para ser feita. Pablo Marçal disse que os bombeiros foram chamados por precaução, mas essa versão foi contestada com o próprio Corpo de bombeiros chamando ele de "fanfarrão" e alegando que ele foi completamente irresponsável no caso.

Isso chamou atenção da mídia e até o fantástico fez uma matéria sobre isso na época. Marçal foi proibido por medida cautelar de "realizar qualquer atividade externa, precipuamente na natureza, por si ou por interposta pessoa, sem prévia e expressa autorização da Polícia Militar".

Tempo depois, ele se envolveu em um caso mais sério, no qual durante um desafio organizado por uma das empresas de Pablo Marçal aos seus funcionários, Bruno da Silva Teixeira, de apenas 26 anos, morreu após ter uma parada cardíaca. Essa corrida toda ocorreu alguns dias após Marçal divulgar que percorreu 42 quilômetros. Alguns funcionários do empresário denunciaram uma suposta pressão dentro da empresa com ameaças de demissão se não fizessem esses exercícios físicos.

Em 2022 ele tentou ser candidato à presidência pelo antigo PROS (Partido Republicano da Ordem Social), mas o partido cancelou a candidatura dele e apoiou Lula nas eleições.

Pablo ainda conseguiu concorrer como deputado federal e ficou entre os 20 mais votados, com 243 mil votos, porém sua candidatura foi indeferida pelo TSE e sua vaga passou para Paulo Teixeira, do PT. Ele afirmou ser vítima de perseguições porque segundo ele (abre aspas) "sabem que uma hora vou ser presidente do Brasil".

Apesar de terem acontecido mais alguns casos menores e acusações que até hoje estão sobre investigação, Marçal continuou sua carreira dando palestras e contando suas histórias. Em uma de suas palestras, ele chegou a contar que detectou um problema no helicóptero em pleno voo e avisou o piloto, salvando a vida de todos a bordo. Essa declaração viralizou nas redes sociais e isso rapidamente se tornou um meme no início do ano de 2023, o que contribuiu ainda mais para sua fama na internet.

Em 8 de maio de 2024, a Advocacia Geral da União acusou Pablo Marçal na justiça de espalhar "Fake News" sobre a atuação do governo nas enchentes do Rio Grande do Sul. Nós já sabemos o quão "falsas", com muitas aspas, eram essas notícias, com todos os relatos e vídeos documentando os inúmeros casos de ineficiência e até de doações às vítimas da enchente sendo barradas.

Parece que sempre é dessa maneira, para os parasitas estatais somente o governo pode ajudar a população, e se alguém discordar disso, está somente "espalhando fake news". É isso que dá o governo se tornar "dono da verdade". Mas se já não bastasse isso, o caso acabou somente dando mais popularidade para o Pablo Marçal, que se tornou um "herói" com suas doações.

É o clássico efeito em que ao tentar censurar ou esconder uma notícia, acaba-se dando mais visibilidade para ela, sendo que muitas vezes ela não teria nem metade da repercussão que teve se não tentassem censurar. O famoso "efeito Streisand" que sempre comentamos por aqui. Para quem não lembra da história, em 2003 a atriz Barbra Streisand processou um fotógrafo até então pouco conhecido, Kenneth Adelman, e o website pictopia.com em 50 milhões de dólares para que uma foto aérea de sua mansão fosse removida da coleção de 12000 fotos da costa da Califórnia disponíveis no site, alegando preocupações com sua privacidade. Só que essa atitude dela gerou um efeito contrário: a foto se tornou popular na Internet, com mais de 420 mil ao site onde a foto se encontrava. Bom, Pablo Marçal foi mais um beneficiado pelo efeito Streisand.

Vendo tudo isso, fica mais do que claro que o objetivo final do Pablo Marçal parecer a presidência da república, provavelmente seguindo o mesmo rumo que Bolsonaro tomou ao se tornar famoso e ser compartilhado organicamente pela internet. Atualmente ele possui 9% nas pesquisas de intenção de voto para a prefeitura de São Paulo, batendo de frente com o Datena com a mesma porcentagem. Porém, temos que lembrar que ele é um candidato relativamente novo fora da bolha das redes sociais, ao contrário do próprio Datena que já é uma figura conhecida.

O Candidato da direita no topo das pesquisas é o atual prefeito de São Paulo Ricardo Nunes, do MDB, que fez acordo com o PL em troca de apoio do Bolsonaro nas eleições desse ano. Marçal parece também ter notado o efeito óbvio de que o Bolsonaro continua bastante popular e as pessoas votam mais nos candidatos indicados por ele, então, por lógica, ele até se encontrou com Bolsonaro e também está querendo atrair o eleitorado bolsonarista, que somam uma boa base de votos.

Porém, Bolsonaro continua na sua linha de que não apoiará candidatos que não seguirem suas orientações, já que ele já sofreu com traições desse tipo em 2018 com o na época prefeito de São Paulo João Dória, picolé de Chuchu, e a deputada Joice, que rapidamente se desvencilhou do Bolsonaro após as eleições para tentar uma fracassada carreira solo.

Quando Jornalistas perguntaram a ele sobre o Pablo Marçal recentemente, ele deixou uma mensagem aos seus aliados que estavam insistindo no apoio ao empresário: "Aos deputados que porventura gravaram vídeo apoiando Pablo Marçal, peçam um vídeo dele para vocês para as eleições de 2026".

Uma mensagem bem curta e direta lembrando os deputados para antes de tudo garantirem seu próprio cargo e apoio eleitoral nas próximas eleições. Até mesmo o Valdemar da Costa Neto, presidente do PL, tentou negociar para que Marçal desistisse da prefeitura e tentasse para o senado, com o mesmo dizendo nas redes sociais "Os 'maquinistas' estão me oferecendo até a Presidência da República para deixar a Prefeitura de São Paulo".

Alguns acham que de fato Marçal é um "outsider" da política e que tem algum plano para São Paulo, pois ele usa o discurso genérico de "melhorar a saúde, educação e etc". No entanto, pode ser que o único plano que ele realmente tenha é o seu projeto de poder para assumir a presidência. Não temos como saber as reais intenções de Marçal, isso só o tempo dirá, porém, como libertários, sabemos que nenhum político é capaz de melhorar as coisas ou fazer uma boa gestão, pois o próprio sistema perverso do estado não permite isso.

Referências:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Pablo_Marçal https://g1.globo.com/fantastico/noticia/2022/01/16/eu-sou-irresponsavel-com-a-minha-propria-vida-cada-um-que-cuide-da-sua-diz-influenciador-que-liderou-expedicao-em-montanha.ghtml https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2023/06/pablo-marcal-diz-ser-alvo-de-perseguicao-por-desejar-presidencia-do-brasil.shtml https://www.gazetadopovo.com.br/republica/pablo-marcal-prioriza-agenda-liberal-pauta-verde/

Visão Libertária

Visão Libertária é um jornal diário no YouTube, parte do canal ancap.su com conteúdo voltado ao libertarianismo. Trata-se de um jornal colaborativo em que muita gente participa da criação, edição, escolha dos temas e consegue receber algumas migalhas que o YouTube, de vez em quando, joga pra gente.

Nossas Redes Sociais

Visão Libertária. Desenvolvido por KoreacomK e a comunidade.